Escuta o vento

Olha o vento que chama
Escuta...
o estrondo que acompanha
o seu assobio
cantarolar no penteado de fios nevados

Ventania raiada de risos prateados
que puxam os cabelos para o alto

Escuta a viagem de olhos inebriados
que procuram num meio
a enseada.

Onde reside a mensagem que esperas

Fernando Oliveira

2 comentários:

ellen disse...

Impossível não gostar :)
Parabéns...
Um abraço

fernando oliveira disse...

Obrigado ellen
um abraço.